O Jovem Cristão e a Violência Atual – JC2 Segundo Encontro de 2018

Aconteceu neste domingo (18 de março) nas dependências do Convento Sagrado Coração de Jesus o segundo encontro do ano do JC² – Juventude Católica por Jesus Cristo.

Indo em encontro ao tema da Campanha da Fraternidade deste ano de 2018, o encontro girou em torno do tema violência. Não apenas a violência que encontramos nas ruas, como roubos, tráfico de drogas entre outros tipos, mas a violência dentro das nossas casas, tanto a física como a psicológica, e como nós, jovens cristãos, devemos agir quando nos deparamos com isso.

Para dar inicio ao encontro contamos com a presença da policial civil Taise Simas, de Itapema, que mostrou dados da violência no Brasil e em Santa Catarina, contando um pouco de sua experiência no atendimento de casos de violência doméstica. Mostrou como o Brasil vive em uma guerra civil, com dados alarmantes que vêm aumentando com os anos, e como a mulher ainda é uma vítima frágil que muitas vezes sofre calada em casa para não denunciar seu companheiro.

Dando continuidade ao encontro sobre violência e como estamos em período de Quaresma sendo que logo será Páscoa, foi feita uma encenação da Via Sacra, na qual os atores reproduziram os quadros que contam a história da violência que Cristo passou, sua morte e ressurreição. Como nos quadros, os atores ficavam “congelados” nas cenas e, no apagar e acender das luzes trocavam de posição e de estação. Assim, cada passagem era narrada e explicada para nosso contexto atual. Por fim, em sua ressurreição o quadro encenado se “descongelou” e Cristo andou no meio de nós mostrando que vive.

A coordenação do JC² agradece os juvenistas que prestigiaram o encontro, a policial civil Taise pela palestra, aos atores que enceram a peça e ao padre Jairson pela orientação, pelas palavras e por ceder o Convento para nossos encontros.

Pedimos desde já, que nos unamos em oração pelo 6º Acampamento Juvenil, que se aproxima e está em fase de composição das equipes de trabalho. Que os que vão servir se capacitem e se preparem com as formações propostas e que o Espírito Santo vá tocando os corações dos jovens que serão chamados para fazer essa experiência de Deus.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *