Ano novo: 5 dicas para avaliar, planejar e executar um plano de vida pessoal

A cada nova etapa da vida, nos enchemos de projetos e planos, sobretudo com a perspectiva de alcançarmos o melhor de nós mesmos. A virada no calendário civil estimula a muitos a desenharem metas de ano novo e caprichar nos sonhos!. Isso tudo é possível! Porém, é preciso criar um plano de vida pessoal  objetivo e palpável, de acordo com sua realidade.

Elaboramos 5 dicas que ajudarão você a planejar, executar e avaliar seu projeto pessoal para cumprir suas metas de ano novo. Com elas, seu ano novo promete não só começar bem, como desenvolver-se cada vez melhor ao longo do tempo.

1 – Escute a Deus por meio da  oração e da meditação

Para quem cultiva uma vida espiritual, antes de começar a pensar nas metas de ano novo,  cabe parar um pouco para ouvir a Deus. Como ferramenta, podemos buscar a oração pessoal diária – momento de intimidade cotidiana com Deus; a adoração ao Santíssimo Sacramento, no qual nos colocamos diante de Jesus para adorá-Lo e crescer em intimidade com Ele, e por consequência, depositar nossos sonhos e projetos. Também a leitura e a meditação da Palavra de Deus, como principal fonte de compreensão da vontade do Senhor; e, por fim, a busca de um confessor, que irá orientar seus caminhos mediante suas fraquezas e limitações.

2 – Avalie como foi seu ano de 2018

Concluir um ciclo propõe uma boa revisão. Além disso, para que se faça um planejamento é importante que se compreenda bem onde se está. Por isso, pontue quais são as  áreas em que você quer melhorar, mas também aquilo que possui como potencialidades e qualidades. A partir disso, defina as áreas que deseja analisar. No máximo 5 é o ideal, para que o projeto seja mais plausível e concreto.

3 – Projete como você deseja estar ao fim de 2019

Definidas as áreas de atuação, faça a você mesmo a seguinte pergunta: “Aonde eu quero estar ao término de 2019?” Desse modo, será possível ter uma visão de onde você se encontra e onde deseja chegar. Seja o mais claro possível. Não tenha medo de estabelecer metas difíceis, porém cuidado com o impossível! Você corre o risco de ser vencido pela frustração. Metas possíveis são mais indicadas nesse momento.

4 – Estabeleça o plano de ação: como fazer pra chegar até lá?

Agora é hora de definir o trajeto que será percorrido até alcançar sua meta. Estabeleça datas, prazos – curto, médio e longo -, meios, investimentos financeiros etc. Quanto mais claro e concreto,  melhor. É hora de estruturar seu plano de “guerra”. Faça de modo que você perceba que chegar lá é possível a partir de esforços e metas bem definidos.

5 – Avalie sempre seu projeto e dedique-se com foco e determinação

O sucesso de um projeto se encontra em boa parte em manter o plano de ação e seus objetivos diante dos olhos. Por isso, estabeleça também instrumentos avaliativos que lhe permitam revisar constantemente. Vale programar uma boa revisão periódica: semanal, mensal, trimestral, de acordo com suas possibilidades e necessidades.

Nem sempre conseguimos ser perfeitos na vivência dos nossos projetos, porém o importante é não paralisarmos diante dos desafios. Por isso, não tenha medo de recomeçar ou refazer, se for necessário. Deus está com você, e é Ele, sobretudo, o mais  interessado em fazer de você a pessoa mais feliz e realizada do mundo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *