A Palavra de Deus é resposta para suas aflições

 

A Palavra de Deus é sagrada. Apesar de ter sido escrita por pessoas comuns, ela foi inspirada pelo Espírito Santo. Portanto, ela é eficaz, é poderosa, é eterna. A Palavra de Deus contém a verdade que nós, seus filhos, precisamos conhecer.

“Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra” (2Timóteo 3,16-17)

Jesus nos deixou uma importante indicação do valor que a Palavra de Deus tem para a nossa vida. Ele afirmou: “Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus” (Mateus 4,4).

 

A Palavra de Deus é viva e eficaz

 

“Porque a Palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hebreu 4,12).

Este texto bíblico nos mostra o poder e a eficácia da Palavra de Deus em nossa vida. Também nos recorda que a Bíblia não é formada por palavras mortas ou por palavras quaisquer, escritas aleatoriamente.

Muito ao contrário, ela é formada por palavras vivas, pois possuem a vivacidade do Espírito Santo.

Disso tudo, dimensionamos a importância de termos intimidade com a Palavra de Deus, de permitirmos que o Espírito Santo infunda em nós a verdade de Deus.

A Palavra de Deus pode nos transformar, pode nos curar. Ela chega onde a graça de Deus quer chegar, para isso basta nos abrimos.

O Papa Francisco certa vez assim se expressou: “se tivéssemos a Palavra de Deus sempre no coração, nenhuma tentação poderia nos afastar de Deus e nenhum obstáculo poderia nos desviar no caminho do bem” (Pronunciamento no 1º domingo da quaresma em 2017).

 

Vencendo as aflições com a Palavra de Deus

 

A nossa vida não é feita apenas de bons momentos. Portanto, não se iluda pensando que só você passa por dificuldades ou que só a sua vida parece estar de cabeça para baixo.

Todos estamos sujeitos a momentos dolorosos, a viver experiências que nos deixam com feridas em nossa alma, a sentir dores que nos infligem profunda aflição. Por isso, o que precisamos é aprender a conviver com esses momentos sem deixar que nos destruam.

Quantas vezes você já perdeu o sono pensando em um problema, em uma situação que você não consegue resolver?

Talvez, não se tenha uma solução fácil para o que te acontece, mas saiba que você pode escolher como lidar com isso.

Portanto, ao invés de pensar no problema, você pode escolher pensar na Palavra de Deus. O salmista relata que muitas vezes permanecia acordado meditando as promessas do Senhor: “Meus olhos se antecipam às vigílias da noite, para meditarem em vossa palavra” (Salmo 118,148).

O salmista tinha conhecimento de que a Sagrada Escritura é um instrumento eficaz que Deus usa para nos consolar e nos vivificar. Como luz, a Palavra de Deus ilumina a escuridão que por vezes toma conta do nosso coração.

Além disso, pensar ou meditar as promessas de Deus para nós é certamente um remédio para as nossas angústias, uma motivação a mais para confiarmos na Providência Divina.

Portanto, antes do desespero tomar conta de você e roubar sua paz, busque na Palavra de Deus o consolo. E lembre-se destas palavras de Jesus: “No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo” (João 16,33).

 

Textos bíblicos para meditar na aflição

 

Quando você perceber que a dor está apertando o seu coração, pegue a Palavra de Deus e reflita a partir destes versículos. Certamente, isso te abrirá para a graça de Deus.

“Não fiquem com medo, pois estou com vocês; não se apavorem, pois eu sou o seu Deus” (…) Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo”. (Isaías 41,10.13)

“Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva?”  (Isaías 51,12)

“Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus”. (Lucas 18,27)

“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. (Mateus 6,34)

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”. (João 14,27)

“Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará”. (Deuteronômio 31,6)

“Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos” (Hebreus 12,3)

“Pois não foi um espírito de timidez que Deus nos deu: foi um espírito de coragem, de amor e de autodomínio” (2Timóteo 1,7)

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *